quarta-feira, 27 de abril de 2005

Por a mala a jeito...

E vem aí mais uma saída de campo :D
Desta vez, é o pessoal de marinhos!
Como não podia deixar de ser vamos para a praia! haverá melhor local de trabalho do que a praia??? Vamos passar o fim de semana a Vila Nova de Milfontes com o professor Henrique! ;)

Acho que já disse o suficiente para deixar-vos roidinhos de inveja :P
Fiquem bem aqui por vossas casas! Eu vou acabar de fazer a mala que amanhã não tenho tempo para isso ;)

Uma noite diferente no indiano...

Vocês perderam um grande jantar!

Começamos com um pãozinho de alho maravilhoso! E com uma oferta da casa que não sei o nome mas é uma massa muitoooooo fininha e estaladiça que vem acompanhada com uns molhos - doce, menta e picante. Como sempre, há alguém que prova o picante e diz "Aí tão picante!" e logo a seguir surge alguem a dizer "É bom!"

Apesar de acusarem as doses de serem pequenas, a comida era deliciosa! (Pelo menos a maioria!) Vinha tudo servido numa tacinhas de cobre, sobre uma velinha (mui bonito!), acompanhado daquele delicioso arroz basmati! Aí o cheirinho daquele arrozzz é devinal!

Houve por lá umas caras estranhas a provar certas coisas :P Eu confesso que não gostei muito dos crepes/chamusas de vegetais porque tinha um puré estranho (batata para uns, grão para outros...) A Fernanda achou que o queijo cozinhado era algo delicioso demais para o paladar dela... Também provei uns camarões e um caril com cogumelos deliciosos! E todos aqueles molhos!!!

Quanto às sobremesas, provei um doce muito bom (género "pudim"/semi frio) e provei um bolo de leite muito enjoativo....mas poderia-se dizer que era bom! Também havia uma salada de frutas com iogurte com um magnifico aspecto!

(Digam lá que não estão com água na boca???)

Tudo isto foi condimentado e acompanhado de muita galhofa e estórias estranhas!
Fiquei a saber umas coisas perturbadoras sobre Cabedal e Lobos e mais não digo! Alguém de terrestres que conte a estória como deve ser :P

Para acabar bem a noite, a volta para a fcul também foi recheada de aventuras!
Já alguma passaram na rua e ouviram um telemovel a tocar? Claro que sim, não é? Eles andem aí por todo o lado! Mas já passaram na rua, ouviram um telemovel a tocar e viram-no caido no meio do chão??? Nós vimos! Ali algures no meio da avenida do brasil estava um telemovel no chão a tocar desalmadamente sobre um monte de revistas da caras. O Hélder atendeu e fez a boa acção da noite ao deixá-lo na caixa de correio de um restaurante ali ao pé. O Saguim.

Claro que há mais! Já no fim da avenida, encontramos espalhadas pelo meio do passeio um monte de fotografias de uma moça! Ela tinha (na modesta opinião, claro) um vestido que parecia um saco e uma pintura de olhos toda borrada que não a favorecia nada... Mas ali estava praticamente um rolo inteiro de fotografias da moça pelo chão...

E foi assim :)
Depois separamos-nos, uns ficaram a fazer companhia a alguém (não entendi quem) que tinha de apanhar o autocarro, para não ficar sozinha - até porque andava gente estranha na rua; e eu lá segui com a Nanda para o seu boguinhas, na companhia do Hélder e da Marisa.

AH!!! Conhecmos o namorado da Inês :P

terça-feira, 26 de abril de 2005

Greetings!

Oi pessoal!
Muito obrigada pelo convite. Não sou muito experiente com blogs mas temos de evoluir não é? Sim, como cientistas que somos devemos procurar atingir o auge e aperfeiçoarmo-nos continuamente! Bem, não liguem a estes devaneios de uma bióloga à procura do seu lugar no Mundo cruel dos seres humanos. E devo dizer que o curso de mergulho é realmente um lugar em que as mais variadas situações e desgraças acontecem... Basta relembrar as coitadas das Patrícias que aparentemente não se dão bem em meios húmidos (ou úmidos segundo o livro de mergulho). De facto, uma delas não pode fazer a primeira aula prática, e a outra teve um começo conturbado neste novo meio...
Mas com as capacidades adaptativas e plasticidade que as caracterizam de certeza que este começo em falso vai ser superado, e bem, para revelar as Patrícias em toda a sua magnitude, tal qual duas borboletas saindo da sua crisálida...

Indiano!!!

Consta que pessoal de marinhos são um pouco snobs... e ricos!!! Sim, porque restaurante indiano deve ser para os pobres de terrestres, ou isso, ou é por não gramarem os restícios do nosso odor berlengensis.
Fracas :p

A Experiência das Patrícias

Como a Rochita sugeriu, aqui fica a experiência das Patrícias para a posteridade:



Ora aqui está uma bela experiência científica conduzida ali mesmo na Ribeira D`Ilhas, Ericeira =oD (o sol fez-nos mal... é verdade...)

***********************************************************

As Patrícias dão-se melhor em meio seco ou em meio húmido?

***********************************************************

Conclusão: As Patrícias dão-se melhor em meio seco, mas quando munidas de botins (em especial de "corracha", verdes e até á cintura) conseguem adaptar-se extremamente bem ao meio húmido, sofrendo mesmo os efeitos da dessecação quando retiradas dele!

***********************************************************

Há mais um pequeno pormenor a referir:
Este raciocínio não se aplica a piscinas, em especial durante primeiras aulas práticas de mergulho =oP

segunda-feira, 25 de abril de 2005

Diversão a valer!

Os brasileiros têm a fama de ser um povo que sabe divertir-se! O Carnaval, o samba e o forró fazem parte do imaginário brasileiro de diversão. Mas começo a por em causa este “mito cultural”!

Como devem saber (senão ficam a saber :P), estou a tirar um curso de mergulho na companhia de mais pessoal, grandes amigas, excelentes biólogas, etc. O que isto tem a ver com os brasileiros? Já vão entender!

O manual de mergulho do nosso curso – PADI Open Water Diver – está escrito em português…mas é uma versão brasileira. Ou seja, encontramos inúmeros erros ortográficos no texto – ficamos com os olhos em bico tal e qual aquele professor de português que não gostávamos e a pensar mas como é possível! (Sinceramente não entendo, se falam português porque não o escrevem correctamente?)

Mas não é para falar com você dos fatos úmidos ou de como engajar o seu mergulho que eu escrevo estas linhas. É para vós mostrar a ideia de diversão dos brasileiros! (Pelo menos daqueles que escreveram o manual.)

Por favor olhem para a imagem com atenção. Conseguem ler a parte a rosa? Diz "Diversão para valer". Esta é sem dúvida a melhor gralha de todo o livro! (Peço desculpa pela má qualidade da imagem...está assim porque tive de a reduzir...)

Diversão para valer estar a ressuscitar uma pessoa, não é?

Até à próxima galera ;)


Finalmente!!

Finalmente conseguimos por isto em pé!!!

Já andávamos a pensar em orientar um blog desde o ENEB, quando ficou provado que conseguiamos escrever algo decente. Sim, porque para quem não saiba, há um registo escrito dessa bela aventura em terras algarvias: o Diário de Bordo! E não sei porquê tenho a sensação que vão aparecer por aqui alguns excertos dessa
bela obra ;o)

Como a Rochita já disse, este é um espaço para nos encontrarmos e escrevermos aquilo que nos der na telha! Como o pessoal das diferentes licenciaturas nunca sabe muito bem o que se anda a passar de umas para as outras aqui podem por aquelas belas coisas que acontecem! Queremos ver histórias do tipo "Tá fresquinho", "Fartei-me de cair em tocas de ratazanas quando fui às Berlengas" ou mesmo "Fui contra o chão da piscina na minha primeira prática de mergulho".

E como nós de Marinhos vamos ter umas belas saídas de campo para a PRAIA (muahahahah!!!) também vamos ter belas estórias para partilhar convosco dentro de pouco tempo ;o)

Deixo finalmente o apelo: Postem meus amigos! Postem como se não houvesse amanhã!!!

Kisses!!!

The 1st one :)

Bem vindos a este BioBloG!!!

A culpa da formação deste site é toda minha e da Bubbles!!! A ideia vem assombrando as nossas mentes e sonhos obscuros à já algum tempo e foi hoje que metemos as mãos à obra e criamos este espaço! Agora podemos dizer:

FINALMENTE JÁ TEMOS UM BLOG :D

Um blog para expor os nossos devaneios, aventuras, teorias, artigos cientificos, preocupações biológicas, parvoices, histórias engraçadas e bizarras, fotografias estranhas do pessoal e tudo aquilo que nos vier à cabeça!

E reparem na data! É hoje no dia da liberdade, em plena festa dos cravos que este blog vê a luz do dia :) Bonito, não é? Como alguém costuma dizer "Roçou o poético" :P

É preciso contar a história destes preciosos minutos que durou a criação do blog, pois a Bubbles estava do outro lado do messenger a auxiliar-me enrolada numa toalha a pedir-me "Deixa-me ir vestir!" Como devem compreender, era eu aqui no quartinho não a deixava ir...

E agora vou eu tomar banho ;)

*******************************************
PS: Logo à noite já vamos poder dormir descansadas e com a sensação de trabalho cumprido: já temos blog!
*******************************************